segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

querida insônia,

Vamos direto ao assunto porque eu não ando com paciência para floreios com quem tem como missão de vida me tirar o sono: eu não te aguento mais!

Você não foi convidada, não é desejada, não é amiga de ninguém desta casa, mas, ainda assim, insiste em ficar e - pior! - em passar a noite por aqui. Tudo tem limite e a sua inconveniência anda no topo da lista.

Para de forçar uma intimidade, eu não quero passar a noite conversando contigo; eu quero dormir profundamente e acordar linda e fresca e não com a sensação que fui atropelada por uma jamanta. 

Quando receber, me avisa desaparece de uma vez por todas.

Um chute na bunda,
Mariana.



Um comentário:

  1. Meu Deus!!! Tudo que eu queria dizer e não sabia com que palavras!!!!

    ResponderExcluir